Como Fazer a Ablução:

O Profeta (Deus o abençoe e lhe dê paz) explicou, claramente, a maneira mais pratica de se fazer às abluções, que é a que segue:

Prepare, primeiro, água limpa. Volte, em seguida, o pensamento para a intenção de fazer as abluções a fim de cumprir com o dever da oração. Esta intenção não precisa ser dita em voz alta; é suficiente que tenha consciência da razão porque faz as abluções prescritas. Então, pronuncie a seguinte fórmula:

“Bismillahir rahmanir-rahim”.
(Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso).

Lave as mãos até os pulsos três vezes seguidos, sem se esquecer dos espaços entre os dedos, esfregando-as bem.

Depois disso, recolha água, com as mãos em forma de concha, e enxágüe a boca três vezes.

Em seguida, aspire água pelo nariz e assoe-se, deitando-o fora, também três vezes consecutivo. Lave o nariz, para retirar quaisquer resido de sujeira que possa ter.


Depois, lave o rosto três vezes, assegurando-se de que a água chegue a toda superfície do rosto, incluindo as pálpebras.

A seguir, lave os braços, até aos cotovelos, três vezes, começando pelo braço direito.

Apos isto, enxágüe as mãos e passe-as, assim molhadas, na cabeça, de frente para trás para frente.

Em seguida, passe as mãos molhadas nas orelhas, por dentro e por fora, mas sem as molhar novamente (com a água que ainda permanece nas mãos, depois de tê-las passado na cabeça).

Finalizando, lave os pés ate aos tornozelos três vezes, começando pelo direito, sem se esquecer dos espaços entre os dedos, esfregando-os convenientemente.


Terminadas as abluções, diga:

“Ach hadu na la ilaha ilallah wa ach-hadu anna Muhammadn raçulullah”.(Testemunho que não há outra divindade além de Deus e que Mohammad é o seu Mensageiro de Deus).

“Ó Deus! Faze com que eu seja um dos que não cessam de voltar-se, arrependidos, para Ti, e um dos que não cessam de purificar-se”.

Obs: Devem seguir exatamente a seqüência acima indicada, para as diferentes partes do corpo. Estas são as abluções que lhe permitem apresentar-se do pé, perante o Senhor. Elas são validas para duas ou mais orações, tantas quantas puder fazer sem as ter anulado, nesse meio tempo.